Perto de quatro mil atendimentos no primeiro dia da Operação Altas Temperaturas

No primeiro dia da Operação Altas Temperaturas (OAT), iniciada pela Prefeitura de São Paulo em 20 de setembro, foram realizados quase quatro mil atendimentos nas dez tendas instaladas em pontos da cidade para amenizar o impacto que o calor previsto para os próximos dias pode causar na saúde da população, em especial, as pessoas em situação de vulnerabilidade.

Das 10h às 16h, as equipes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) fizeram 3.976 atendimentos e distribuíram 6.475 itens, sendo 3.738 garrafas de água de 500 ml, 2.527 frutas e 210 bonés. Também foram instalados bebedouros da Sabesp nas tendas com oferta de água para livre uso.

A Smads destaca, ainda, que os orientadores socioeducativos do Serviço Especializado de Abordagem Social (Seas) e os agentes das equipes do Ampara SP também prestaram atendimento nas tendas, ofertando acolhimento em equipamentos da rede socioassistencial e encaminhamento para as demais demandas apresentadas.

Similar à Operação Baixas Temperaturas (OBT), a de altas temperaturas será mobilizada sempre que os termômetros atingirem 32º C, ou sensação térmica equivalente. A ação é feita em parceria com o governo do Estado, por meio da Sabesp.

Segundo a Prefeitura, as principais ações têm foco no reforço do convencimento das pessoas para procurarem a rede de acolhimento, onde poderão se abrigar do sol e receberão água e alimento; a instalação de dez tendas em pontos estratégicos, das 10h às 16h, com fornecimento de água, frutas e bonés, além de espaço pet; reforço na compra de ventiladores em unidades de acolhimento; e disponibilização de uma ambulância referenciada para atendimento a casos de exposição ao calor para atender essas tendas.

A intensificação da infraestrutura da rede de acolhimento da cidade e a abordagem das pessoas em situação de vulnerabilidade para que elas possam se proteger, tem o objetivo de evitar insolação, desidratação e outros problemas que podem decorrer da exposição ao sol forte e altas temperaturas. O prefeito Ricardo Nunes criou um grupo de trabalho específico para estabelecer medidas que devem ser adotadas para preservar a saúde das pessoas em situação de rua.

Os endereços das tendas são os seguintes:
Região Central – Praça da República e praça Marechal Deodoro;
Região Sul – Santo Amaro (Praça Floriano Peixoto, 54) e Capela do Socorro (Praça José Boemer Roschel);
Região Norte – Santana (Avenida Cruzeiro do Sul, 3.180) e Vila Maria (Praça Novo Mundo);
Região Leste – Guaianases (Praça Presidente Getúlio Vargas, s/nº), Itaquera (Avenida Musgo de Flor com avenida Imperador, embaixo do viaduto Jacu Pêssego) e Mooca (Praça Cid José da Silva Campanella);
Região Oeste – Lapa (Rua do Curtume, s/nº – esquina com Guaicurus).

O post Perto de quatro mil atendimentos no primeiro dia da Operação Altas Temperaturas apareceu primeiro em Notícias da Região.

No primeiro dia da Operação Altas Temperaturas (OAT), iniciada pela Prefeitura de São Paulo em 20 de setembro, foram realizados quase quatro mil atendimentos nas dez tendas instaladas em pontos da cidade para amenizar o impacto que o calor previsto para os próximos dias pode causar na saúde da população, em especial, as pessoas em
O post Perto de quatro mil atendimentos no primeiro dia da Operação Altas Temperaturas apareceu primeiro em Notícias da Região.