Agenda Cultural: Lugares incríveis para conhecer em SP e fugir do comum

Está a fim de fugir do óbvio e curtir coisas novassem sair de SP? Preparamos uma lista com ótimas opções de cultura e lazer que vão te proporcionar experiências únicas.

Quando você pensa em lugares para conhecer na cidade, o que vem imediatamente à sua cabeça? Muito possivelmente você pensou em museus como o Masp ou a Pinacoteca, ou na famosa vida noturna da Vila Madalena.

Esses lugares são picos tradicionais e bem importantes, mas fizemos um roteiro para te desafiar a conhecer novas experiências menos óbvias na cidade. Separamos dicas, entre centros culturais, bares, cafés e até locais para contemplar a natureza, que vão tornar o seu passeio inesquecível.

Música:

Casa de Francisca

Localizada no histórico Palacete Tereza, que abrigou a primeira loja de instrumentos musicais da cidade, a Casa de Francisca alia música e gastronomia de qualidade. Esse lugar único no centrão de SP, que costuma receber almoços e jantares com música ao vivo, tem um palco bem pequeno para que as pessoas se sintam próximas dos artistas.

Onde? Rua Quintino Bocaiúva, 22, Sé, 1º andar
Quando? Quarta a sexta, das 11h30 às 15h; e das 20h à 1h; aos sábados, das 12h às 17h30, e das 20h à 1h; e aos domingos, das 12h às 17h30

Whiplash Bar

Inspirado nas icônicas casas noturnas norte-americanas de rock, jazz, blues e soul, o WhiplashBar, é perfeito para conhecer gente nova, trocar uma ideia e curtir shows de bandas independentes.

Com decoração retrô e sofisticada, esse ambiente também respira a atmosfera dos speakeasies, os bares clandestinos que vendiam bebida alcoólica na época da Lei Seca nos Estados Unidos.

Onde? Rua Doutor Melo Alves, 74, Cerqueira César
Quando? De quarta a sábado, das 20h às 3h.

Willi Willie Bar e Arqueria

Já pensou em ouvir um rock n’ roll e treinar arco e flecha no mesmo lugar? Essa combinação inusitada é a proposta do Willi Willie. Com decoração dos clássicos pubs ingleses, a casa promove shows de artistas independentes e oferece um espaço especial e instrutores para quem quiser praticar arqueria com toda segurança.

Onde? Alameda dos Pamaris, 30, Moema
Quando? Quartas e quintas-feiras, das 18h às 2h; às sextas e aos sábados, das 18h às 4h; e aos domingos, das 18h à 1h.

Encounter

Se você acha que jogos de tabuleiro são apenas os clássicos War, Detetive e Banco Imobiliário, precisa conhecer a Encounter, um bar em Moema, dedicado aos jogos modernos, títulos que apresentam mecânicas e formas de jogabilidade extremamente criativas e diferentes. Lá estão disponíveis milhares de títulos para você comprar, jogar no local ou simplesmente alugar.

Onde? Alameda dos Nhambiquaras, 2013, Moema
Quando? Terça a quinta, das 16h às 23h; às sextas e aos sábados, das 16h à 1h; e aos domingos, das 16h às 22h.

Layback Park São Paulo

A arte urbana e as culturas do surf e do skate são celebradas no LayBack Park, uma mistura de bar com pista de skate, que oferece várias pistas e obstáculos para quem curte fazer manobras radicais sobre rodinhas. O espaço foi criado pela cervejaria LayBack Beer, de Florianópolis (SC), com a proposta de incentivar esses esportes, e tem sede em várias cidades brasileiras.

Onde? Rua Padre Carvalho, 696, Pinheiros
Quando? Terças e quartas, das 16h às 23h; àsquintas, das 16h à 1h; às sextas, das 14h à 1h; aos sábados, das 12h à 1h; e aos domingos, das 12h às 23h.

Cervejaria Nacional

Muito antes do boom das cervejas artesanais, a Cervejaria Nacional já conquistava corações em SP. Trata-se de uma fábrica-bar que produz quase 10 mil litros de chope de diferentes tipos por mês.

E os visitantes podem pedir réguas de degustação para provar todos os rótulos da casa, além de comidinhas que harmonizam com as bebidas.

Onde? Av. Pedroso de Morais, 604, Pinheiros
Quando? Segunda a sexta, das 17h à 0h, e aos sábados, das 13h à 0h.

Térreo Virginia

Arte, criatividade, cerveja artesanal e urbanidade se encontram no Térreo Virginia, a ocupação criativa de um edifício que estava abandonado no Centro de SP, na rua Martins Fontes. O espaço foi ocupado pelo hub criativo Somauma, pela cervejaria BrassBrew, pela feirinha artesanal Barra Funda Autoral e pelo Matuta Café e Queijaria.

Onde? Rua Martins Fontes, 205, República, São Paulo?
Quando? Terça a sexta a sábado, das 10h à 0h; e aos domingos, das 12h às 22h.

Teatro de Contêiner

Construído pela premiada Cia. Mungunzá, o Teatro de Contêiner tem sua instalação feita a partir de contêineres de carga, que foram adaptados e montados em um antigo terreno abandonado. O local, que é um exemplo de transformação da cidade pela arte, tem uma intensa programação, com espetáculos, shows e exposições, apresentados por diversos artistas e grupos.

Onde? R. dos Gusmões, 43 – Santa Ifigênia
Quando? Abre apenas nos horários das atividades.

Pausa zen e detox na natureza:

Torre de Miroku – Templo Luz do Oriente

Com 32 metros de altura, a Torre de Miroku é o mais alto complexo no estilo japonês no Brasil e está instalada em um lugar com natureza exuberante.

Para chegar ao local, você já começa o passeio numa travessia pelo lago em uma balsa toda temática e que vale, no mínimo, uma selfie para deixar registrado esse momento único.

O edifício, que fica em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, tem como inspiração o templo Horyu, no Japão, o mais antigo do mundo.

Onde? Avenida Palmira, 450, Represa, Ribeirão Pires
Quando? Sábados e domingos, das 9h30 às 13h50 (horários de saída da balsa) | Os ingressos para a semana são disponibilizados sempre a partir das segundas, á tarde.

Floresta da Cantareira – Pedra Grande

Área importante de preservação da Mata Atlântica em São Paulo, a Floresta da Cantareira é um lugar apaixonante e perfeito para quem gosta de aventuras.

Lá dá para fazer três trilhas e ter acesso à famosa Pedra Grande, um mirante natural a mais de 1000 metros de altitude, de onde dá para ter uma vista incrível da cidade de SP. Você pode se surpreender no caminho com vários animais, como macacos, capivaras e pássaros.

Onde? Rua do Horto, 1799, Horto Florestal – São Paulo
Quando? Quarta-feira a domingo, das 8h às 17h.


Parque Ecológico Imigrantes

Inaugurado em 2018, o Parque Ecológico Imigrantes é um reduto de preservação da Mata Atlântica em São Bernardo do Campo, na Grande SP, onde você pode fazer trilhas por meio de um cenário exuberante e encontrar várias espécies de insetos, animais e plantas típicos desse bioma.

Trata-se de um parque privado, criado para divulgar o conceito de desenvolvimento sustentável e da filosofia japonesa.

Onde? SP-160 – Rodovia dos Imigrantes, Curucutu, São Bernardo do Campo
Quando? para visitas individuais, às sextas-feiras, das 9h às 12h; para escolhas de terça a quinta, das 8h30 às 12h.

Culturas diversas:

Museu das Culturas Indígenas

A representatividade para os inúmeros povos originários que habitam o nosso país é o que busca o Museu das Culturas Indígenas.

Ao contrário de outros equipamentos culturais, o museu tem representação indígena tanto em sua administração como na curadoria. Lá, você encontra arte feita em diferentes linguagens por artistas de nações indígenas.

Onde? Rua Dona Germaine Burchard, 451, Água Branca
Quando? Terça a domingo (exceto às quintas), das 9h às 18h; e às quintas, das 9h às 20h.

Museu da Imigração

Você sabe qual é a origem? O Museu da Imigração foi criado com a proposta de preservar a história das pessoas que chegaram ao Brasil entre os séculos 19 e 20. A instituição está instalada no edifício da histórica Hospedaria de Imigrantes do Brás, que recebeu muitas pessoas vindas dos mais diferentes países.

Onde? Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca
Quando? Terça a sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 10h às 18h.

Nostalgia:

Nos Trilhos

Localizado em uma antiga estação de trem desativada na Mooca, o Nos Trilhos é um centro cultural cercado por trens centenários. A proposta do espaço é preservar a história das ferrovias em São Paulo. Os visitantes podem até passear em uma Maria Fumaça de 1922, que ainda funciona. Lá também tem um bar e restaurante dentro do vagão. O espaço costuma receber festas, exposições e vários outros tipos de roles.

Onde? Rua Visconde de Parnaíba, 1253, Mooca
Quando? Sábados e domingos, das 12h às 22h.


Drosophyla Bar

Localizado em um casarão dos anos 1920, o Drosophyla Bar é inspirado em Madame Lili Wong, personagem de uma atriz, pintora e poetisa que recebia na sua residência grandes representantes da boemia paulistana nos anos de 1930.

Claro que a decoração não poderia deixar de ser um dos pontos altos do espaço. E, dentro da casa também funciona a São Paulo Urban Distillery, um bar escondido onde é produzido o gin premiumJardim Botânico.

Onde? Rua Nestor Pestana, 163, Consolação
Quando? Quinta a sábado, das 17h30 à 1h; e aos domingos, das 16h às 21h.

Gastronomia:

Mundo de Betsy

Com o slogan “Do breakfast ao último drink”, o Mundo de Betsy tem decoração inspirada na pop-art e rende cliques memoráveis. A carta de bebidas atende a diversos paladares, com opções refrescantes, amargas, clássicas e não alcoólicas. Já as comidas de inspiração norte-americana são perfeitas para aquele brunch delícia, para um almoço ou para abrir sua noitada.

Onde? Rua Dr. Mário Ferraz, 561 – Itaim Bibi
Quando? Segunda e terça, das 12h às 17h, àsquartas, das 12h às 23h30, às quintas e sextas, das 12h à 0h, aos sábados, das 9h à 0h, e aos domingos, das 9h às 18h.

Café Girondino

Agenda Cultural: Lugares incríveis para conhecer em SP e fugir do comumUma das cafeterias mais tradicionais de SP, o Café Girondino abriu em 1998, mas é inspirado em um famoso bar de mesmo nome que funcionou no século 19 na Praça da Sé. E o mais incrível é que o estabelecimento mantém essa atmosfera da era de ouro do café paulista. A casa tem como especialidade o pudim, o arroz doce e o bolo pão de mel. E, além do café da manhã, serve almoço e funciona o dia inteiro.

Onde? Rua Boa Vista, 365 – Centro Histórico
Quando? Segunda à sexta, das 8h às 20h; aos sábados, das 8h às 19h; e aos domingos, das 8h às 17h

 

Fundação Maria Luisa e Oscar Americano

Fundação Maria Luisa e Oscar Americano é um museu dentro de um parque particular, com arquitetura moderna e um visual de tirar o fôlego. Lá também funciona um salão de chá onde é servido um delicioso “brunch da tarde”. O museu, inaugurado em 1980, abriga um acervo riquíssimo com obras de mestres como Victor Brecheret, Lasar Segall, Di Cavalcanti e Candido Portinari, além de peças das épocas da Colônia e Império.

Onde? Avenida Morumbi, 4077, Morumbi
Quando? Terça a domingo, das 10h às 17h30.

Fábrica de Dengo

Especializada em chocolates artesanais, Dengo inaugurou uma fábrica em Pinheiros. O lugar também tem um café e um restaurante, com vários ambientes bem instagramáveis e chiques. A marca tem a preocupação de apoiar pequenos produtores de cacau, café e das especiarias que usa. Lá acontecem várias atividades pra você colocar a mão na massa, como a possibilidade de montar seu próprio chocolate.

Onde? Avenida Brigadeiro Faria Lima, 196, Pinheiros
Quando? Monte seu Dengo: De segunda a sábado, das 10h às 20h; e aos domingos, das 11h às 19h | Loja e cafeteria: às segundas e terças, das 8h às 20h; de quarta a sábado, das 8h às 22h; e aos domingos, das 8h às 19h | Restaurante: às terças, das 12h às 20h; de quarta a sábado, das 8h às 22h30; e aos domingos, das 12h às 19h

A postagem Agenda Cultural: Lugares incríveis para conhecer em SP e fugir do comum apareceu primeiro em Jornal Digital da Região Oeste.