Ação educativa orienta motociclistas em Barueri
Quatro organizações estão reunidas para promover uma ampla campanha educativa para motociclistas na próxima terça-feira (26/10), em Barueri. O objetivo da iniciativa é conscientizar os pilotos de moto, incluindo os profissionais que realizam transporte de produtos e alimentos, sobre a importância da prudência e respeito às leis de trânsito. Fazem parte dessa parceria a CCR ViaOeste, responsável pela gestão do Sistema Castello-Raposo; iFood, maior foodtech da América Latina, Yamaha Motor do Brasil e Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) de Barueri. 

A campanha educativa será realizada das 10 às 16 horas, na Alameda Madeira, ao lado do Centro Comercial Alphaville, em Barueri. O local concentra bolsões de estacionamento para motos e é ponto de passagem de centenas de pilotos diariamente. Será montada estrutura para receber os motociclistas e promover diversos tipos de interação e orientações específicas.

Para se ter uma ideia do universo de motociclistas de forma em geral nesta região, circulam mais de 10 mil motos diariamente pela rodovia Castello Branco, nos dois sentidos, no trecho de Barueri. Localmente, a iniciativa também busca atender os profissionais que realizam transporte de alimentos pelas plataformas na região oeste de Grande São Paulo, incluindo Osasco, Barueri, Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Jandira e Itapevi.

O coordenador de tráfego da CCR ViaOeste, Alessandro Pereira, conta que uma das iniciativas durante a campanha será alertar sobre os cuidados com ponto cego ao pilotar pelas rodovias e vias urbanas. Para que os motociclistas possam visualizar os pontos vulneráveis ao dirigir, a concessionária em conjunto com a Yamaha, posicionará viaturas e motocicletas de forma a demonstrar situações reais que podem ser vivenciadas no trânsito.

“Promoveremos  uma orientação bem prática, para que os motociclistas possam ter outros ângulos de visão e entendam os riscos ao pilotar”, explica. “É importante destacar que a visibilidade dos motoristas fica prejudicada e pode causar acidentes especialmente durante a ultrapassagem de motociclistas ou quando os pilotos de moto trafegam pelos corredores de rodovias ou avenidas”, enfatiza.

Além dos cuidados com o ponto cego, profissionais estarão divididos para orientar os motociclistas sobre outros itens importantes, como a manutenção preventiva das motos, o uso de equipamentos de segurança e, sobretudo, a prudência ao pilotar e o respeito às leis de trânsito

“Buscamos sempre apoiar iniciativas de conscientização no trânsito, e nesse caso queremos envolver os parceiros que realizam entregas nas cidades dessas diferentes regiões sobre os cuidados necessários para o seu dia a dia, prezando prioritariamente pela segurança e condução com responsabilidade”, enfatiza Johnny Borges, gerente de políticas públicas do iFood.